5 Melhores raquetes de Tênis da Yonex (Guia de compra)


Minha primeira raquete foi uma Yonex e eu ainda uso um outro modelo dessa marca, se você não conhece os modelos atuais da Yonex e planeja comprar uma, o melhor é pesquisar bem para escolher certo.

Depois de pesquisar muito a opinião de quem usou as raquetes e também contando com minha própria experiência usando raquetes da Yonex, eu criei esse guia com as 5 melhores raquetes dessa marca e como saber qual delas é a melhor para você.

A Yonex Vcore 95 é o melhor modelo de raquete da Yonex para jogar Tênis devido sua versatilidade, depois vem a Vcore 98 que é ótima para sacar e indicada para jogadores de fundo de quadra, para iniciantes a Yonex Astrel 105 é a melhor indicação.

Similar aos modelos da Babolat (clique para conhecer eles), a Yonex produz basicamente 3 linhas principais de raquetes, a Ezone para golpes mais potentes (Babolat Pure Drive), Vcore para o máximo de Spin (Babolat Pure Aero) e Vcore Pro para mais controle (Babolat Pure Strike).

A Yonex tem também uma linha de raquetes de alta performance para jogadores iniciantes chamada Astrel.

As 3 primeiras raquetes da lista são para jogadores de nível intermediário e avançado, se você é iniciante pule para o número quinto e sexto dessa lista, eu deixei para você uma opção com um custo melhor e a opção premium para quem está disposto a pagar mais.

1 – Yonex Vcore 95 (versão 2021)

A melhor raquete da Yonex atualmente é a Vcore 95 2021, pode parecer loucura usar uma raquete de cabeça 95, mas não nesse caso, jogar com ela lhe dá a sensação de estar jogando com uma de cabeça 98 ou até mesmo 100.

Escolhi essa raquete como a primeira não só pelo fato de que jogadores que testaram amaram jogar com ela, mas porque ela é uma raquete que se adapta a vários estilos de jogos, e isso é muito raro e valioso.

Apesar da linha Vcore ser comercializada pela marca para quem deseja mais Spin na bola, dizer que essa raquete só é para jogadores que gostam de spin está errado, a Yonex Vcore 95 é uma das mais versáteis raquetes que existe, ela é para quem gosta de jogar com spin, com bola chapada, para quem gosta de jogar na linha de fundo ou subir na rede.

Se você procura uma raquete que gera mais spin, essa não é a melhor para isso, escolha a Pure Aero da Babolat, eu falo mais sobre ela aqui nessa outra matéria.

Eu diria que essa raquete só não é recomendada para quem é muito iniciante no Tênis, se você não sabe executar bem os golpes ainda, essa raquete não vai te ajudar, você precisa já estar jogando com regularidade.

Por outro lado, a Yonex Vcore 95 é incrível para jogadores de nível intermediário a avançado, até mesmo para quem vai jogar em competições, essa é uma raquete para tenistas profissionais também.

Caso você jogue com a esquerda de uma mão, essa raquete é completamente adequada a você. Essa também é considerada uma das melhores raquetes para voleio, se não a melhor que existe.

Eu pessoalmente não joguei com essa raquete, mas eu uso a Yonex Duel G 97, uma das pessoas que testou e adorou a Vcore 95 afirma que uma das preferidas dele da Yonex era a Duel G 97 e que a Vcore 95 lembra muito ela por conta do padrão de cordas 16×20.

Quando fui procurar pela Vcore 95 nas lojas online brasileiras, estavam todas fora do estoque, essa raquete é tão única e especial que muitas pessoas compraram e está difícil achar, mas espero que ela volte ao estoque logo.

2 – Yonex Vcore 98 (versão 2021)

A Yonex Vcore 98 é uma raquete que te dá acesso fácil para potência e spin com conforto e fácil de usar e gerar velocidade nos golpes.

Mais indicada para jogadores de nível intermediário a avançado que gostam de jogar no fundo de quadra, para quem for iniciante confira as opções 4 e 5 dessa lista que são as melhores para você.

Essa raquete se destaca no quesito potência no saque, seja ele chapado ou com efeito. Para slice ela é boa também, porém na rede ela não brilha tanto, se você costuma jogar muito na rede talvez não seja a melhor opção ou então você pode tentar adicionar peso na cabeça para mais estabilidade.

A Vcore 98 é muito boa para atacar bolas que caem curtas na quadra, aquelas que chegam sem velocidade, essa raquete é muito boa para te ajudar a gerar potência para atacar.

Voltando para a comparação que fiz das raquetes Yonex com as da Babolat, a Vcore 98 é uma opção mais macia do que uma Pure Drive da Babolat, por exemplo, que é bem mais dura com o seu braço.

É engraçado eu comparar a Pure Drive com a Vcore 98 já que a marca afirma ser a linha para spin, mas essa raquete tem tanta potência quanto spin também e se encaixaria mais com uma comparação com a Pure Drive do que com a Pure Aero.

Confira o preço da Vcore 98 clicando aqui para abrir em outra aba a página da loja Netshoes.

3 – Yonex Ezone 98 (versão 2020)

A Yonex Ezone 98 é o tipo de raquete que não se destaca particularmente em uma só área, mas que é boa em geral para tudo, você poderia comparar ela com a Babolat Pure Strike só que um pouco mais fácil de usar.

Esse mais novo modelo da Ezone 98 é uma pouco mais confortável que o anterior, a Ezone antiga era muito dura para o braço e esse problema foi arrumado nessa nova versão de 2020.

Ela é uma raquete para potência, mas com um pouco de controle a mais do que as raquetes desse tipo, ela é relativamente boa para todos tipos de saque, boa para Spin, mas nada muito espetacular e também descente para volear.

A Ezone 100, por exemplo, é uma raquete para potência, porém ela não lhe dá controle como a Ezone 98 dá e a 98 é muito mais fácil de usar e gerar velocidade com seus golpes.

Recomendada para jogadores de nível intermediário que vão tirar bom proveito dessa raquete, os jogadores avançados podem gostar dela também, mas talvez adicionar um peso a mais vai lhe dar mais estabilidade nos voleios.

A Ezone 98 vem numa edição limitada com uma pintura maravilhosa, mas é claro, você vai ter que pagar caro por esse visual lindo, confira o preço dela na Netshoes clicando aqui.

4 – Yonex Astrel 105 (versão 2021)

Para o quinto e último lugar da lista eu escolhi a melhor raquete da linha Astrel para jogadores iniciantes/intermediários ou que possuem alguma limitação física, a Astrel 105. Ela está nessa colocação justamente porque não é para o perfil da maioria dos jogadores.

Esse é o tipo de raquete que te ajuda a jogar sem que você precise fazer muito esforço, ela lhe dá potência, estabilidade e impede melhor as vibrações que provocam lesões no braço.

Ela é ideal para quem gosta de usar movimentos mais curtos já que elas são maiores e o aro de carbono que forma a cabeça ser mais grosso. Ela também é incrível para dar potência no saque.

Essa linha tem também um modelo com cabeça de tamanho 100 e 115, todas possuem um sistema único de reforço nos quatro cantos da cabeça da raquete para mais estabilidade e essa tecnologia aumenta também o sweetspot (a região ideal para contato na bola).

Nas raquetes da Astrel foi adicionada a “React resin”, é uma tecnologia que garante que essas raquetes sejam mais silenciosas, o que quer dizer que elas geram menos vibração.

Se você joga mais em duplas e quer uma raquete que vai te ajudar com potência, essa raquete é ótima, mas a Astrel 115 é melhor ainda, o ruim é que esse modelo é mais difícil de achar para comprar, apesar do tamanho da cabeça, ela é leve e fácil de manusear, vai te dar estabilidade para voleios.

Essa raquete é similar à Head Instinct PWD, aliás, o modelo MP da linha Instinct da Head está no meu Top 7 das melhores raquetes da Head, para saber mais, clique aqui e acesse a lista.

A Astrel é definitivamente a raquete premium para iniciantes e com isso o preço é maior, você pode conferir como está o preço clicando aqui para acessar a loja Netshoes.

5 – Yonex Vcore 100 (versão 2021)

A Yonex Vcore 100 é uma raquete indicada para jogadores intermediários que pode também ser usada por iniciantes no Tênis.

Ela dá bastante potência para os golpes, lhe ajudando bastante no início quando você não consegue gerar tanta potência usando a técnica.

Uma raquete boa também para spin, te ajuda com o saque, tem uma estabilidade boa e a versão 2021 chega a ser mais macia e fácil de usar do que a anterior.

Pode-se dizer que essa Yonex seria uma fusão entre a Pure Drive e Pure Aero da Babolat, porém indo mais para o lado da Pure Drive por conta da potência extra que ela gera.

Para jogadores mais avançados, recomendo que você vá pelas raquetes que recomendei anteriormente nessa lista, a não ser que você realmente não se importe com o fato dela não te dar tanto controle nos golpes e que você atualize ela com alguns pesos.

Você pode encontrar a Yonex Vcore 100 para comprar na versão Feel que é bem mais leve e é interessante para quem está começando, clique para acessar esse modelo na loja Netshoes.

Para você ter uma ideia melhor sobre como o peso influencia numa raquete e qual é considerado leve ou pesado demais, confira a matéria que fiz do assunto clicando aqui.

O que há de bom nas raquetes da Yonex?

Escolher a raquete de Tênis que você vai usar para o resto de sua carreira ou lazer no esporte é algo importante, quando um tenista encontra a raquete de seu gosto ele passa a comprar somente esse modelo.

Por isso o primeiro passo é escolher a marca e depois o modelo, algumas pessoas escolhem a marca que o seu ídolo usa e não tem nada de errado com isso, mas e se você não é fã de ninguém e quer somente uma raquete de qualidade que vai te atender bem, é aí que a Yonex entra como uma das melhores escolhas.

O controle de qualidade das raquetes da Yonex é excepcional, eles garantem que a maioria de suas raquetes saiam com as configurações o mais próximo possível do que foi anunciado, nenhuma outra marca em raquete de Tênis consegue tanta precisão assim.

Eu escrevi um artigo aqui nesse link sobre todo o processo da criação de uma raquete e na parte de controle de qualidade eu mencionei a Yonex, tem até um vídeo da fábrica deles.

Diferente da maioria das outras raquetes, a Yonex normalmente tem uma cabeça com formato bem distinto, uma combinação de desenho oval com retangular conhecido como Isometric.

Isometric nas raquetes da Yonex: O distinto desenho na cabeça das raquetes da Yonex faz com que o sweetspot, que é a região de contato perfeito que fica no centro da raquete, seja bem maior, e isso ajuda seus golpes saírem mais previsíveis e potentes.

A Yonex é uma marca altamente conhecida e sua linha de raquetes provavelmente vai continuar no mercado por muito tempo, isso é uma grande vantagem, ótimo para achar modelos parecidos e até mesmo para vender no mercado de usados.

Dentre as marcas que fazem raquetes de Tênis, a Yonex é uma das poucas que lança muitos modelos que são maiores, ou seja, a extensão da raquete é maior ou pode-se dizer que é mais longa. Elas são identificadas pelo símbolo de mais (+) na frente do nome.

Quais profissionais jogam com raquetes da Yonex?

A mundialmente conhecida campeã de Grand Slams, Naomi Osaka usa a Yonex Ai 98, uma raquete que já é antiga e não é mais fabricada, assim como vários profissionais atuantes, as raquetes da Osaka são pintadas com as cores da linha de raquetes que ela endossa atualmente.

Se você leu a seção anterior desse guia, lembra que eu mencionei que os tenistas procuram uma raquete para usar ela para sempre e os profissionais são aqueles que seguem isso à risca, eles escolhem um modelo e depois só usam esse, é muito difícil eles trocarem de raquete, o que acontece é eles mudarem somente a pintura.

Normalmente os tenistas profissionais mudam de raquete quando saem das competições junior para as profissionais.

Denis Shapovalov em início de carreira usava uma raquete da Wilson, agora o Shapovalov usa a Yonex VCORE SV 95 modificada para se adequar ao seu estilo e até hoje usa ela com pinturas diferentes para os novos modelos da Yonex.

O Nick Kyrgios joga com a raquete Yonex Xi 98 com uma pintura diferente de acordo com o novo modelo da marca.

O Stan Wawrinka usa a Yonex VCORE 95D com algumas modificações, a raquete dele é incrivelmente pesada, você pode conhecer todos os detalhes da raquete que ele usa nesse outro Post que fiz no blog clicando aqui.

A seguir uma lista de outros jogadores profissionais que usam raquetes da Yonex.

  • Alexander Bublik
  • Anastasija Sevastova
  • Angelique Kerber
  • Belinda Bencic
  • Caroline Garcia
  • Casper Ruud
  • Clara Tauson
  • David Wagner
  • Dayana Yastremska
  • Diede de Groot
  • Donna Vekic
  • Elena Rybakina
  • Eugenie Bouchard
  • Fiona Ferro
  • Frances Tiafoe
  • Heath Davidson
  • Hubert Hurkacz
  • Hyeon Chung
  • Jessica Pegula
  • Kimiko Date
  • Lleyton Hewitt
  • Marie Bouzkova
  • Marketa Vondrousova
  • Marta Kostyuk
  • Martina Hingis
  • Martina Navratilova
  • Marton Fucsovics
  • Nao Hibino
  • Pierre-Hugues Herbert
  • Radu Albot
  • Ricardas Berankis
  • Shingo Kunieda
  • Steve Johnson
  • Tamara Zidansek
  • Timea Babos
  • Viktoria Kuzmova
  • Yoshihito Nishioka

A raquete da Yonex vendida só no Japão

A Yonex Regna é uma linha de raquetes da Yonex que somente é comercializada no Japão, só existe o modelo Regna 98 e Regna 100, algumas lojas nos EUA já chegaram a vender esses modelos, mas é bem raro encontrar em estoque e é mais caro do que o normal.

O que as pessoas falam dessa raquete é que ela é maravilhosa, as especificações dela parecem comuns, mas aparentemente o diferencial é a sua construção que é feita de um carbono unicamente responsivo juntamente com toda a engenharia para aquele material que forma a cabeça da raquete.

Toda essa tecnologia nova promete que a raquete se flexione de acordo com a velocidade usada nos seus golpes, dando conforto e estabilidade combinado com muito controle.

Das poucas pessoas fora do Japão que testaram essa raquete, muitos gostaram mais da Regna 98 e a considera uma das melhores raquetes que existe.

Bruna

Eu sou a Bruna, uma jogadora de Tênis recreativa que criou esse blog para ajudar a todos jogadores de Tênis com tudo o que já aprendi depois de alguns anos jogando esse ótimo esporte.

Publicações Recentes