Como escolher o peso da raquete de Tênis?


Digamos que você já escolheu o modelo ou marca de raquete, mas cada uma tem um peso diferente, o que fazer? Qual peso é melhor? Por que você deveria se importar com isso? Continue lendo que vou esclarecer todas essas questões.

O ideal é que a raquete de iniciante tenha o peso de 300g no máximo, que as raquetes de nível intermediário tenham no máximo 310g e raquetes do nível avançado de 310g para cima. Mas, ninguém realmente segue isso à risca e nem precisa, é tudo questão do que é melhor para você.

Uma vez notei que tem marcas de raquetes que lançam modelos de raquetes com nome parecidos, mas com especificações diferentes, preços e pesos diferentes, eu sempre ficava muito confusa com relação a isso, mas depois de pesquisar a fundo eu comecei a compreender melhor as diferenças entre elas.

Eu também fiz uma matéria sobre o tamanho do grip e lá eu menciono também como modificá-lo para alterar o peso da raquete, recomendo muito que você leia essa matéria também (clique para abrir ela em outra aba) já que tem a ver diretamente com a escolha do peso.

Por que é importante escolher o peso certo da raquete?

Usar uma raquete que não tem o peso adequado para o seu tipo de jogo pode lhe limitar ou te prejudicar muito.

Se ela é leve demais você pode estar forçando muito seus golpes e até limitando a potência deles, se ela for pesada demais e você estiver usando uma técnica ruim seu corpo pode sentir uma fadiga desnecessária.

Não é só isso, o peso da raquete muda o sentimento de bater numa bola, seus sentidos são muito importantes no Tênis, se você sente que não está rebatendo bem, todo o seu jogo será prejudicado, até mesmo o lado psicológico.

Caso você seja um iniciante comece usando uma raquete leve, mas depois de um tempo tente usar uma mais pesada e depois escolha aquela que for mais confortável para você. Aliás, eu recomendo que você leia esse artigo aqui para escolher a melhor raquete de iniciantes.

O bom de começar com uma raquete leve é que mais tarde você pode adicionar peso nela, se já de cara você comprar uma raquete pesada, não vai dar para diminuir muito o peso dela, a sua melhor opção é tirar o peso pelo Grip, para mais detalhes sobre o peso do Grip clique e leia uma outra matéria que fiz aqui no blog.

O que é uma raquete leve ou pesada?

Dizer que você como iniciante deve comprar uma raquete leve não é suficiente, o que é considerado leve e o que é considerado pesado? Existem 3 categorias de peso que é normalmente encontrado nas raquetes que são vendidas. Entenda cada uma delas a seguir, na frente do título eu coloquei um valor aproximado do peso.

Raquetes leves (226g – 269g)

Raquetes mais leves são mais fáceis de usar, dá para gerar spin mais fácil, mas não são tão estáveis do que as mais pesadas, se você enfrentar adversários que batem com muita potência na bola vai sofrer usando uma raquete leve.

Raquetes peso mediano (270g – 326g)

Eu diria que com um peso mais médio não dá para errar muito, essas raquetes não são extremamente leves e nem pesadas demais, fica mais fácil você adaptar ela adicionando peso se no futuro quiser testar algo diferente.

Raquetes pesadas (327g – 357g)

As raquetes mais pesadas produzem mais potência, são mais estáveis (você consegue aguentar bolas mais pesadas) e elas transmitem muito menos choque de contato do que as mais leves.

Então qual escolher?

Se mesmo sabendo das 3 categorias de peso da raquete e o nível recomendado para elas você ainda está na dúvida, o melhor mesmo é testar por si mesmo, muitas lojas de raquete deixam modelos para teste e dá para jogar um pouco com elas antes de tomar sua decisão final.

Todos esses valores são relativos à opinião da grande parte dos tenistas, nem sempre o que é considerado leve para um é também para outro, mas se você precisa de alguma referência ou exemplo real, vou te dizer que comecei com uma raquete de peso 280 gramas com ponto de balanço de 2 Head Light e depois de alguns anos passei para uma de peso 310 gramas com ponto de balanço de 7 Head Light, o que posso dizer é que foi bem melhor a mais pesada e meu braço não sofreu com a mudança.

Mesmo no futuro eu não descarto a possibilidade de testar uma raquete mais leve, sei que existem outros fatores para influenciar a escolha da raquete além do peso, tem que ser considerado o tamanho da cabeça, a tecnologia e muito mais, afinal de contas eu não sou profissional e não vou perder muito ao usar uma raquete mais leve.

Equilíbrio do peso da raquete (Balance)

O equilíbrio da raquete ou Balance é a distribuição de peso por toda a raquete e isso influencia muito no tipo de batida que ela vai favorecer nos seus golpes, raquetes de mesmo peso podem ter esse peso distribuído de forma diferente. São 3 tipos de distribuição de peso que os fabricantes de raquetes usam.

Confira se o equilíbrio da raquete que você vai comprar ajudará no seu estilo de jogo.

Head Heavy (HH) – Uma raquete Head Heavy tem a maior quantidade de peso distribuída na cabeça.

A raquete HH é muito fácil de manejar, boa para jogadas perto da rede.

Head Light (HL) – Esse é o tipo de distribuição de peso mais usado nas raquetes, tanto para as raquetes que você pode comprar na loja quanto as raquetes modificadas dos profissionais. Nela a distribuição do peso está concentrada mais para o cabo.

A raquete HL vai te dar mais potência, ótima para quem gosta de bater bolas no fundo da quadra.

Even Balanced (Igualmente balanceada) – Nessa raquete o peso é distribuído uniformemente por toda a raquete, nenhum lado é mais pesado do que o outro.

A raquete com o equilíbrio igual é uma mistura de raquete fácil de manejar e com uma boa estabilidade.

Tem uma forma bem rústica e rápida para você descobrir onde está concentrado a maior quantidade de peso na raquete, basta pendurar ela pelo dedo indicador na região do formato de “V” e manter reto até o lado pesado ficar para baixo.

Uma das minhas raquetes que você pode conferir na imagem abaixo tem o peso concentrado no cabo, veja como a cabeça dela fica para cima e o cabo para baixo.

Para você saber quanto exatamente de peso está distribuído na raquete é necessário usar uma máquina que mede isso, a não ser que você tenha uma loja de raquetes não faz muito sentido comprar uma máquina dessas.

Num exemplo anterior eu citei uma raquete 2 Head Light e outra 7 Head Light, esse número é como se fosse uma medida do quanto que a raquete se move para o lado do cabo, então a que tem o valor 2 é bem menos pesada para o lado do cabo do que a de 7.

Se você realmente se interessou pelo assunto, tenho aqui nesse link uma matéria dedicada a explicar o equilíbrio da raquete e tem também os valores em polegadas, centímetros e milímetros dessa medida.

O peso do movimento da raquete (Swingweight)

O Swingweight é o peso em movimento que você sente ao mover a raquete para bater a bola, isso faz com que até mesmo uma raquete que não seja muito pesada dê a sensação de que ela tem mais peso quando você a movimenta. A relação do peso total da raquete com a distribuição do peso dela influencia no Swingweight.

Por isso o Swingweight é tão importante e na descrição da raquete no site ou loja tem esse valor especificado, sabendo desse valor você pode ter uma ideia do quanto a raquete vai pesar na sua mão quando você estiver movimentando ela.

Isso quer dizer que você pode pensar que sua raquete é pesada demais para você quando na verdade ela é leve para manejar, a minha raquete, que é HL (leia a seção anterior), tem o peso médio de 326 gramas com as cordas, mas o Swingweight dela é de 315 kg · cm2.

Então, quando uma raquete é HH, ou seja, quando o peso dela está mais concentrado na parte da cabeça, ela tem um Swingweight mais pesado do que o seu peso total.

Pegue como exemplo a raquete Babolat Boost Drive, ela tem o peso de 278 gramas com as cordas e o Swingweight de 314 kg · cm2..

Quando a raquete tem um Swingweight muito alto é difícil gerar aceleração nela, mas a potência do golpe virá da raquete e não da velocidade do seu braço, as raquetes com Swingweight menores é o contrário, você vai precisar acelerar mais para conseguir potência.

Em resumo, não se assuste com o peso total da raquete, as raquetes de peso maior na maioria das vezes são HL e você não vai sentir tanto desconforto assim quando manejar ela porque o Swingweight será menor que o peso.

Para medir o Swingweight existe uma máquina que calcula isso com precisão.

O peso é o principal fator para gerar potência

O peso total da raquete é o principal fator para ela gerar potência no seu golpe, o principal, não o único, outros fatores como ponto de contato e o peso do movimento ou Swingweight também são importantes.

Se você não quiser ler toda essa seção com todos os detalhes vou resumir, estudos indicam que existe um valor ideal para o peso baseado no peso da bola e do braço do tenista que é o melhor para gerar mais potência, agora se você quiser saber mais sobre essa descoberta continue lendo.

Eu sempre imaginava que o peso é realmente um grande fator, até porque os tenistas profissionais usam raquetes com um peso consideravelmente elevado, mas depois que eu deparei com um artigo de um homem chamado Rod Cross que é especialista em física do esporte que inclusive escreveu um livro só sobre a física do Tênis, eu recebi a prova física.

Ele explica que toda a dinâmica do braço usando a raquete para acertar a bola é bem parecida com a de 3 bolas de bilhar ou sinuca se colidindo uma na outra.

Mas ele imagina que a primeira bola é a mais pesada, a intermediária é um meio termo e a última bola é a menos pesada. Quando você usa somente duas bolas a energia da maior não é totalmente transferida para a bola de menor peso e que a bola intermediária faz a terceira bola pegar toda a energia e consequentemente ter mais potência.

Ou seja, quando pegamos a bola com a mão e jogamos ela, ela não vai ser tão potente quando usamos uma raquete para bater nela, isso é bem óbvio né? Mas é bem óbvio também que o nosso braço pesa muito mais do que a bolinha e que a raquete pesa menos que o nosso braço e mais do que a bola né? Então está aí, a primeira bola é o braço, a intermediária é a raquete e a terceira bola de bilhar é a bola de Tênis nesse exemplo.

O que esse estudo diz é que a bola intermediária, portanto a raquete, tem que ter um valor matemático com relação ao peso da bola mais pesada (braço) e da bola mais leve (bola de Tênis) para que ela gere o máximo possível de potência, para que a transferência de energia seja perfeita.

Sabemos que nem todos temos o mesmo peso no braço e as bolas de Tênis podem ter uma leve variação de um peso para outra, mas normalmente elas pesam uns 57 gramas.

Para o exemplo dele ele assumiu que um braço teria 2000 gramas.

Ele pegou os dois valores e multiplicou: 57 x 2000 = 114000.

Do resultado da multiplicação ele tirou a raiz quadra que é 337,6.

Então o peso ideal de uma raquete para quem tem um braço que pesa 2000 gramas é de 337,6 gramas.

Bom, essa conta toda não me fez ir correndo para a balança pesar meu braço para escolher minha próxima raquete (eu juro que não farei isso, até que deu vontade), mas me fez perceber porque eu já vi muitos pesos de raquete próximos a esse valor, principalmente em raquetes de profissionais e talvez seja por isso que ninguém anda por aí usando raquetes de 400 gramas ou algo do tipo.

Bruna

Eu sou a Bruna, uma jogadora de Tênis recreativa que criou esse blog para ajudar a todos jogadores de Tênis com tudo o que já aprendi depois de alguns anos jogando esse ótimo esporte.

Publicações Recentes