Top 10 melhores raquetes de Tênis para Spin


Já ouviu a expressão “Spin to Win”? No Tênis moderno quem domina o Spin ou efeito na bola está com a vantagem e para poder fazer a bola girar muito uma raquete adequada ajuda bastante.

Se você procura uma raquete que é boa para botar muito efeito na bola, confira a lista abaixo, mas lembre-se, o principal fator para botar muito Spin na bola é a técnica que você usa, a raquete só vai facilitar, ela não faz milagres.

Um detalhe que vale ressaltar sobre as raquetes que selecionei para a lista após um longo estudo é que uma cabeça maior ajuda o tenista a encontrar mais espaço para o movimento de geração de Spin e a tolerância de erros.

As 10 melhores raquetes de Tênis para Spin:

  1. Babolat Pure Aero
  2. Babolat Pure Drive
  3. Yonex VCORE 100
  4. Yonex VCORE Pro 100
  5. Head Graphene 360+ Gravity MP
  6. Wilson Ultra 100
  7. Dunlop Srixon Revo CV 3.0
  8. Wilson Blade 98S 18×16 Countervail
  9. Prince Textreme Warrior 100
  10. Wilson Burn 100S Countervail

Antes de você comprar sua raquete é muito importante que você escolha o tamanho certo do grip e nessa matéria aqui eu ensino como descobrir o ideal para você. Lá também comento a influência do tamanho para gerar mais spin na bola.

1 – Babolat Pure Aero

A melhor raquete para reproduzir bolas com muito Spin é a Babolat Pure Aero (clique para ver o preço na loja Americanas.com), não é à toa que o Rafael Nadal que possui um dos mais efetivos golpes de TopSpin no Tênis recomenda ela.

Essa é uma raquete que sobreviveu ao tempo, seu fabricante sempre está renovando sua tecnologia e ela é usada por vários jogadores de diversos níveis no mundo todo, é recomendado que você adquira as mais atuais desse modelo já que as bem antigas não são tão boas assim.

A Pure Aero está no Top 3 das melhores raquetes da Babolat, é usada por muitos profissionais (para saber quais são as outras 2 raquetes melhores dessa marca clique aqui para ir em outra matéria que fiz aqui no blog).

Além de auxiliar na geração de TopSpin com menos esforço, a Babolat Pure Aero é muito boa com Slices dando mais controle e poder.

No saque a Pure Aero amplia o quique da bola e garante muito poder.

Quem usa o Backhand de duas mãos vai sentir que suas bolas com mais poder e efeito usando essa raquete, sua cabeça é maior e ajuda muito nesse sentido.

Raquete recomendada para jogadores intermediários e avançados. Para mais Spin, muitos jogadores usam a corda Babolat RPM Blast, você pode ver mais detalhes dela nessa matéria aqui.

Prós

  • Garante um bom poder em seus golpes.
  • Bom controle e Spin na bola.

Contras

  • Volear com essa raquete exige mais esforço, você vai precisar acertar mais no centro para mais controle. Se você é do tipo que joga muito com saque-voleio, pode pensar em adquirir uma raquete diferente.

Especificações

  • Tamanho da cabeça: 100 sq. In
  • Peso (sem corda): 300 g
  • Padrão das cordas: 16×19
  • Rigidez: 69

Clique aqui para encontrar a Pure Aero na loja Bola de Tênis Delivery, como tenho parceria com eles, eles dão 5% de desconto para quem usar esse link para fazer compras de qualquer outro item.

2 – Babolat Pure Drive

A segunda melhor opção de raquete para Spin é também da Babolat, a Pure Drive é customizada para potência e Spin (clique para conferir na loja Bola de Tênis Delivery com 5% de desconto).

Se você gosta de botar muita potência em seus golpes, pode achar a Pure Drive uma opção melhor do que a Pure Aero sem perder toda a tecnologia da Babolat para ajudar no Spin e principalmente no saque com quique mais alto (Kick Serve).

Outro fator importante a se levar em consideração é que os iniciantes no Tênis costumam sentir mais conforto com a Pure Drive do que com a Pure Aero.

Muitos profissionais usam ela e a considero o melhor modelo de raquete de Tênis da Babolat, porém , se você gosta de usar mais Slices, a Pure Aero é uma opção melhor.

Prós

  • Melhor opção para iniciantes do que a Pure Aero.
  • Facilita a aplicação de potência e Spin.

Contras

  • Para quem tem problemas com lesões no braço, é uma boa testar essa raquete antes, ela é um pouco mais rígida que as outras no mercado e pode causar desconforto.

Especificações

  • Tamanho da cabeça: 100 sq. in.
  • Peso (sem corda): 300 g
  • Padrão das cordas: 16×19
  • Rigidez: 72

3 – Yonex VCORE 100

A Yonex é minha marca preferida de raquetes de Tênis e se você já conhece esse fabricante e quer uma raquete mais voltada para o Spin, escolha o modelo VCORE 100 (acesse aqui para ver o preço atual na Americanas online).

O formato único das raquetes da Yonex está também presente na VCORE 100, ele aumenta a região de contato ideal para um golpe mais efetivo (Sweet Spot) e com essa raquete de cabeça tamanho 100 e com a tecnologia já conhecida da Yonex é uma combinação muito boa para gerar Spin.

A VCORE 100 é uma raquete que não proporciona tanto controle como outros modelos, mas é muito boa para aceleração no saque e em outros golpes.

De forma geral essa é uma raquete legal para quem está no nível iniciante para intermediário.

Prós

  • Área de Spin na raquete é maior, jogadores iniciantes podem se beneficiar mais disso.
  • Uma raquete boa para acelerar e ótima para executar golpes com muito Spin.

Contras

  • Não é o modelo ideal para controle.

Especificações

  • Tamanho da cabeça: 100 sq. in.
  • Peso (sem corda): 300 g
  • Padrão das cordas: 16×19
  • Rigidez: 69

4 – Yonex VCORE Pro 100

Gostou muito da VCORE 100, mas gostaria de Spin e controle ao mesmo tempo? A Yonex tem então uma raquete mais adequada, a VCORE Pro 100, apesar das especificações serem parecidas, não se engane, esse modelo é bem diferente.

Toda tecnologia e qualidade da Yonex está presente na VCORE Pro 100, o seu formato aumenta a área ideal para contato da bola.

Uma raquete fácil de usar com uma estabilidade legal na rede, no saque e em golpes em geral ela não gera muito poder e costuma ser mais eficiente com Slice ou saque de Slice.

A VCORE Pro 100 é recomendada para jogadores de nível intermediário ou avançado.

Prós

  • Bom para Spin e controle.
  • Fácil de usar.

Contras

  • Não gera muita potência igual outras raquetes.
  • O Spin que ela gera não é incrível.

Especificações

  • Tamanho da cabeça: 100 sq. in.
  • Peso (sem corda): 300 g
  • Padrão das cordas: 16×19
  • Rigidez: 66

5 – Head Graphene 360+ Gravity MP

Se você gosta da marca Head e está acostumado a jogar com raquetes desse fabricante, uma boa escolha para mais Spin acompanhado de um bom controle vai ser encontrado na Head Graphene 360+ Gravity MP (clique para ver na loja online Americanas).

A Head não costuma fazer modelos voltados mais para Spin, mas com essa raquete eles se esforçaram muito, só pelo formato da cabeça que é mais arredondado do que oval normalmente usado em outros modelos já mostra isso.

Uma raquete muito boa para jogar na rede, principalmente se você estiver mais acostumado com raquetes leves, ela lhe dá muito controle para pôr a bola onde você quiser.

Eu também fiz um Top 7 das raquetes da Head que você pode conferir clicando aqui, veja em qual posição está a Gravity.

Raquete indicada para jogadores iniciantes e de nível intermediário.

Prós

  • Muito boa combinação em controle + Spin
  • Confortável

Contras

  • Um pouco instável, quem está acostumado com raquetes mais pesadas vai sentir a diferença.

Especificações

  • Tamanho da cabeça: 100 sq. in.
  • Peso (sem corda): 295 g
  • Padrão das cordas: 16×20
  • Rigidez: 62

6 – Wilson Ultra 100

A linha Wilson Ultra 100 (clique para ver o preço na loja Americanas online) é uma das melhores para Spin desse fabricante, muitos que a usam acreditam que ela se assemelha à Babolat Pure Drive, produzindo muito potência e Spin ao mesmo tempo.

Essa raquete é adequada para quem adora atacar bolas e jogar no fundo da quadra, usando ela na rede é mais difícil controlar para que a bola não corra muito para fora.

Além dos golpes de Direita e Esquerda, a Wilson Ultra 100 gera muita potência e Spin no saque, alguns jogadores ainda sentem falta do controle para pôr a bola onde quer ao sacar.

A Ultra 100 tem várias versões, normalmente a mais atual tem uma tecnologia melhor, então é recomendado procurar os lançamentos do ano passado ou do ano atual. É indicado para jogadores de nível intermediário e avançado.

Você também pode tentar encontrar essa raquete na loja Bola de Tênis Delivery, lá tem 5% de desconto para quem comprar produtos através desse link aqui. Última vez que olhei tinha a versão mais leve dela, mas raquetes voltam ao estoque quando menos imaginamos então é bom checar.

Prós

  • Ótima para potência e Spin.
  • Fácil de manejar.

Contras

  • É uma boa ideia testá-la primeiro, ela é bem rígida e pode ser desconfortável para quem tem problema no braço.
  • Não proporciona muito controle.

Especificações

  • Tamanho da cabeça: 100 sq. in.
  • Peso (sem corda): 300 g
  • Padrão das cordas: 16×19
  • Rigidez: 74

7 – Dunlop Srixon Revo CV 3.0

A Dunlop Srixon Revo CV 3.0 é uma alternativa para uma raquete com potência como a Babolat Pure Drive, mas com um pouco mais de controle.

Uma boa opção para quem gosta de jogar na linha de fundo agressivamente, sua bola terá uma boa profundidade e um bom Spin se aplicado a técnica corretamente, essa raquete também adiciona uma boa medida de potência e Spin no saque.

Não recomendada para iniciantes, indicado mais para jogadores de nível intermediário para avançado já que ela perde muito nos golpes quando o jogador não ataca em seu Sweet Spot, aquela região central da raquete que a bola rebate de maneira ideal.

Prós

  • Boa para potência e Spin.

Contras

  • É bom testar ela antes de comprar, para alguns ela é confortável, mas para outros nem tanto.

Especificações

  • Tamanho da cabeça: 100 sq. in.
  • Peso (sem corda): 300 g
  • Padrão das cordas: 16×19
  • Rigidez: 68

8 – Wilson Blade 98S 18X16 Countervail

A única raquete com cabeça menor do que 100, a Wilson Blade 98S 18X16 Countervail é uma opção conhecida por unir muito bem a potência, Spin e controle.

Caso você esteja procurando uma raquete boa para Spin, mas que também seja mais completa e que também não deixe a desejar em outros aspectos, essa é uma boa escolha.

O incomum padrão de cordas 18×16 é o principal aspecto dessa raquete para conseguir uma combinação rara, normalmente as raquetes de Spin e potência perdem muito o controle, algo diferente com essa.

Jogadores que gostam de usar todos tipos de golpes e incorporar vários estilos vai gostar dessa raquete, além de ser boa com TopSpin, ela também não deixa a desejar no Slice, principalmente o do Backhand.

Recomendado para jogadores mais avançados, essa raquete é a melhor para Spin da família Blade da Wilson que é uma das mais populares da marca.

Prós

  • Boa para Spin, potência e controle.

Contras

  • Mais difícil de encontrar nas lojas online.

Especificações

  • Tamanho da cabeça: 98 sq. in.
  • Peso (sem corda): 294 g
  • Padrão das cordas: 18×16
  • Rigidez: 63

9 – Prince Textreme Warrior 100

Se o seu orçamento está menor, tem uma opção com ótimo custo-benefício para uma raquete de Spin, a Prince Textreme Warrior 100. Assim como a Head, a Prince não é especialista em raquetes para Spin, mas esse modelo é uma exceção comparada as outras dessa marca.

Seu peso dá uma estabilidade boa, seus golpes reproduzem uma potência legal e de maneira geral é uma raquete boa em vários aspectos, inclusive o Spin.

Prós

  • Proporciona mais poder e Spin aos seus golpes.
  • Fácil para acelerar os golpes.
  • Ótimo custo-benefício.

Contras

  • Não é uma raquete extraordinária em uma área específica, ela é boa em todos aspectos, mas não incrível como outras no mercado.

Especificações

  • Tamanho da cabeça: 100 sq. in.
  • Peso (sem corda): 300 g
  • Padrão das cordas: 16×18
  • Rigidez: 66

10 – Wilson Burn 100S Countervail

Outra raquete da Wilson com padrão de cordas 18×16 que facilita o Spin é a Wilson Burn 100S Countervail.

Uma raquete confortável que te dá uma boa potência e profundidade de golpes para jogar bem na linha de fundo

A Burn 100S Countervail é também recomendada para quem gosta de botar muito Spin no saque com o Kick Serve, aquele saque que quica alto e jogando o oponente para a lateral da quadra.

Prós

  • Bom Spin e potência.

Contras

  • Não proporciona tanto controle quanto outras raquetes de mesma especificação.

Especificações

  • Tamanho da cabeça: 100 sq. in.
  • Peso (sem corda): 300 g
  • Padrão das cordas: 18×16
  • Rigidez: 69

Cordas recomendadas para mais Spin

Mais do que uma raquete boa para Spin, você precisa de cordas adequadas para adicionar muito efeito na bola.

É bom deixar claro que o que gera Spin na bola não é somente a corda, mas a corda pode influenciar na rebatida e ajudar o jogador a modificar seu movimento para mais Spin.

Dependendo da corda, o jogador vai sentir que deve botar mais Spin ou não e isso faz a diferença.

A corda favorita de quem usa as 2 melhores raquetes para Spin a Pure Aero e Pure Drive é a Babolat RPM Blast, afinal de contas o próprio Rafael Nadal usa essa corda em suas raquetes.

Eu fiz uma matéria completa sobre as melhores cordas e a RPM Blast ficou em primeiro lugar, clique aqui para acessar a matéria.

Outras cordas também muito boas para gerar mais Spin:

  • Solinco Hyper-G
  • Luxilon ALU Power 125
  • Volkl Cyclone 17g

Repare que todas recomendações que fiz foram de cordas de Poliéster, elas são em geral mais duráveis, uma escolha mais econômica.

A tensão das cordas influencia diretamente no Spin?

Alguém já disse que aumentar ou diminuir a tensão da corda de sua raquete influencia se a bola vai ter mais Spin durante as rebatidas? Eu francamente nunca me importei com a tensão do encordoamento da minha raquete, sempre deixei isso a cargo do profissional ao qual a entrego.

Aparentemente você também não devia dar tanta importância assim para a tensão da corda de sua raquete se o seu intuito é só aumentar ou diminuir o Spin de seus golpes.

De acordo com um artigo da revista digital Tennis Industry magazine escrito por Dr. Simon Goodwill da universidade de Sheffield na Inglaterra, a tensão aplicada nas cordas de uma raquete não influenciam no Spin da bola.

No estudo eles compararam duas raquetes iguais, uma com tensão de 40 e outra com tensão 70, ambas apresentaram o mesmo resultado registrado pelas câmeras, isso com relação ao Spin.

O que acontece é que uma corda mais apertada vai reproduzir uma rebatida com menos velocidade e a tendência é de a bola ficar curta na quadra, mas para que a bola fique mais funda o jogador vai ter que aplicar a técnica dele para adicionar mais Spin do que em uma raquete de tensão menor.

A tensão muda a dinâmica que o jogador tem com sua raquete, ele vai precisar ajustar seus golpes, mas ela não necessariamente gera o Spin por si só.

E então, qual raquete para Spin é melhor para você?

Escolher a raquete que serve mais para você é algo bem pessoal, muito ligado ao que você sente ao jogar com ela, o Tênis é um jogo de sentidos, o ideal é testar e sentir com qual você sente mais conforto.

Caso você esteja iniciando e essa seja a sua primeira raquete, saiba que eu também passei pelo mesmo processo de pesquisar na internet qual seria a melhor e no meu caso não tinha como eu testar antes.

No final das contas, eu escolhi uma marca (no meu caso foi a Yonex) e depois escolhi um modelo que se alinhava mais para o tipo de jogo que eu gosto e nível, fiz o mesmo que você está fazendo agora, pesquisei e comparei na internet para saber o modelo melhor para mim.

A dica que dou para você é escolher uma marca que você acha legal ou que já está familiarizado e pegar um modelo de raquete atual que lhe ajude no que você quer para o seu jogo, que no seu caso seria o Spin. Espero que a lista que formulei tenha lhe ajudado nessa tarefa.

Bruna

Eu sou a Bruna, uma jogadora de Tênis recreativa que criou esse blog para ajudar a todos jogadores de Tênis com tudo o que já aprendi depois de alguns anos jogando esse ótimo esporte.

Publicações Recentes