Quantos furos tem uma raquete de Tênis


Quantos furos será que tem uma raquete de Tênis? Fui correndo contar quantos minha raquete tinha, mas percebi que esse número pode ser diferente dependendo do modelo, o que começou com uma curiosidade, passou a ser uma busca educativa para entender melhor a diferença entre raquetes, na matéria a seguir vou explicar como você descobre e algumas curiosidades.

Uma raquete de Tênis possui entre 66 e 76 furos que são usados para passar a corda, nem todas possuem a mesma quantidade e ela varia conforme é o padrão de cordas da raquete.

Isso não quer dizer que não há modelos de raquetes de Tênis que possuam menos ou mais do que 66 e 76, mas que a maioria dos modelos da atualidade possuem essa quantidade.

Descobrindo a quantidade de furos pelo padrão de cordas

Para não gastar tempo contando os furos da sua raquete ou para saber quantos furos tem aquele modelo que você viu na internet, você pode fazer a conta pelo padrão de cordas.

O padrão de cordas indica quantas cordas tem na diagonal e vertical da cabeça da raquete, essa informação é bem fácil de descobrir já que todas lojas informam na descrição do equipamento.

Uma das minhas raquetes, a Yonex Vcore Duel G, tem o padrão 16×20, no total ela tem 66 furos, a conta ficaria assim:

(16*2) + (20*2) = 32 + 40 = 72

72 – 6 = 66

Para saber quantos furos ela tem, basta multiplicar por 2 os valores 16 e 20 para depois somar o resultado, mas nem sempre a conta para por aí, isso porque algumas raquetes compartilham alguns furos com 2 cordas.

Na minha raquete há 6 furos que são compartilhados com 2 cordas, então você tem que diminuir esse número com o resultado para saber quantos furos a raquete realmente tem.

Eu tirei uma foto dos quatro cantos da minha raquete e mostrei quais furos são compartilhados na imagem a seguir.

Para saber o número de furos na raquete não basta só o padrão de cordas, você precisa olhar a foto da cabeça da raquete encordoada para perceber os furos que compartilham cordas.

Eu tenho uma outra raquete da mesma marca com o mesmo padrão de cordas e o número de furos é diferente porque ela não compartilha nenhum furo para 2 cordas.

A minha Yonex Vcore 98 Team é também padrão 16×20, mas como pode ver na imagem abaixo, ela tem um furo para cada corda e não compartilha nenhum deles, então ela tem 72 furos no total.

Algumas lojas ou fabricantes especificam quantos furos recebem duas cordas, procure pela descrição “Shared Holes”, nesse item vai estar listado alguns números acompanhados por letras, eles são os identificadores do furo que é compartilhado.

Os Grommets corretos para a sua raquete

Os Grommets são uns pedaços de plásticos que ficam nos furos da raquete para proteger as cordas aumentando sua longevidade, com o tempo e uso constante eles se desgastam e eventualmente você tem que trocar.

Você encontra os Grommets para vender separadamente, para trocar você tira as cordas da raquete e tira manualmente com o auxílio de uma ferramenta como um alicate, para colocar o novo basta encaixar sem o uso de nenhum tipo de cola.

Sabendo que a quantidade de furos de uma raquete é diferente, tome cuidado para não comprar qualquer tipo de Grommets, adquira aquele para o seu modelo de raquete, você viu pelo exemplo anterior que até mesmo raquetes da mesma marca e linha possuem uma quantidade diferente nos furos da corda.

Logicamente, a raquete com furos compartilhados terá alguns Grommets com medidas diferentes de uma que não tem nenhum furo compartilhado.

Foi bom eu ter pesquisado sobre os furos da raquete caso no futuro eu deseje mudar os Grommets, assim não vou pensar que qualquer um deles vai caber em qualquer raquete.

Curiosamente descobri que em raquetes para mais potência os Grommets são mais largos, isso porque assim a corda vai ter mais espaço para se movimentar livremente, já as raquetes feitas para mais controle possuem Grommets mais estreitos.

O interessante é que cada detalhe em uma raquete é importante para determinar para que estilo de Tênis você quer jogar, por isso é bom escolher uma raquete que se molda mais ao seu tipo de jogo.

Se você tiver interessado em saber mais sobre as características de raquetes de controle, eu fiz uma matéria com as melhores que existem atualmente e explicando porque elas são boas para controle, basta clicar aqui para ler.

Por que existem raquetes de furos compartilhados e outras sem?

Nas raquetes antigas de madeira era bem mais difícil furar os buracos das cordas perto um dos outros e havia mais raquetes com furos compartilhados, hoje a tecnologia e o material permite furar com precisão e facilita o uso de furos individuais para as cordas, agora a maioria das raquetes possuem furos individuais.

Mas minha raquete da Yonex não é antiga e mesmo assim eles fizeram ela com furos compartilhados, por que será? Eu diria que é por preferência ou por assim dizer, para que ela comporte de uma maneira diferente das outras.

Se você perceber, quando você compartilha o furo da corda, o espaçamento da corda também muda, ou seja, a diferença dos espaços do cruzamento das cordas será diferente de uma raquete para outra ainda que ela tenha o mesmo padrão de cordas e o mesmo tamanho da cabeça da raquete.

Sendo assim, quando um fabricante de raquete quer um determinado padrão de cordas combinado com um espaçamento, ele pode optar por deixar alguns furos compartilhados, normalmente eles possuem uma ideia do desenho ideal que as cordas da raquete terão nela e querem esse mesmo espaço em um tamanho diferente da cabeça da raquete ou até mesmo do formato dela.

Se você estiver se perguntando se é melhor usar uma raquete com furos compartilhados ou com furos separados, saiba que não há um motivo para que nenhuma das duas formas sejam uma melhor que a outra.

Eu pessoalmente nunca encordoei uma raquete, mas depois de saber disso imagino que encordoar as raquetes com furos compartilhados deve dar um pouco mais de trabalho ou atenção até porque a maioria está acostumado a encordoar com raquetes com furos separados.

Bruna

Eu sou a Bruna, uma jogadora de Tênis recreativa que criou esse blog para ajudar a todos jogadores de Tênis com tudo o que já aprendi depois de alguns anos jogando esse ótimo esporte.

Publicações Recentes