Como devolver melhor o saque no Tênis


A devolução de saque é um dos mais importantes momentos para se conseguir um ponto no Tênis de quadra. Para vencer um jogo de Tênis você tem que quebrar o serviço do adversário e para isso deve fazer bons retornos.

Nesse guia vou dar algumas dicas para você acertar mais a devolução, usar a técnica mais eficiente e algumas táticas para retornar melhor o saque.

Postura ideal para a recepção do saque no Tênis

O ideal é você ter uma posição de início aberta onde suas pernas não estarão próximas uma da outra, basta observar o alinhamento dos seus pés com o seu ombro, eles não podem ficar alinhados a ele.

Essa posição é também conhecida como Posição do Cavalo no Kung-Fu e na Yoga, eu cheguei a fazer uns 3 meses de artes marciais e um dos treinos era ficar nessa posição por alguns minutos para fortalecer as pernas, algo que realmente beneficia o equilíbrio e força nas pernas que é vital no Tênis.

Mãos perto de seu corpo

Uma posição boa para antes de receber o saque é deixar suas mãos próximas de seu corpo, mãos relaxadas.

Não deixe elas esticadas para frente enquanto estiver esperando o saque.

Onde exatamente ficar

Muitos tenistas gostam de sacar aberto, ou seja, a bola vai na diagonal e para fora da quadra, forçando que o outro tenista saia da quadra para retornar.

Por isso a posição inicial de vários tenistas que recebem saque é na lateral da quadra para cobrir melhor a diagonal que é frequentemente usada.

Quando você estiver jogando partidas de Tênis de duplas, essa posição mais para a diagonal é ainda mais recomendada, normalmente no jogo de duplas o sacador está em uma posição longe do centro da quadra que lhe dá um ângulo maior para jogar a bola na diagonal.

Se você ficou interessado em saber mais sobre o saque e retorno em uma partida de duplas, eu toco nesse assunto no guia que fiz aqui mesmo no blog sobre como jogar melhor em partidas de duplas, você pode acessar ele clicando aqui.

É comum também você encontrar tenistas que usam a posição na diagonal e também uma mais voltada para frente da rede e mais para o centro.

Na verdade, alguns tenistas usam as duas posições durante a mesma partida, dependendo dos lados ou da estratégia que ele estiver usando no lance.

Falando em estratégia, você vai precisar de uma diferente para cada tipo de saque, então antes de continuar lendo é muito importante que você leia essa matéria aqui primeiro que fiz nesse blog sobre como identificar os saques do adversário e o que fazer contra cada um.

Como deve estar a empunhadura antes de receber o saque

O melhor que você pode fazer é deixar a sua empunhadura na mesma que você usa para seu Forehand ou Direita, isso porque é mais difícil alterar da empunhadura da Esquerda ou Backhand para a da Direita do que o contrário.

Backhand de duas mãos (Alcance limitado, mudança mais rápida)

Você pode sim esperar o retorno com a empunhadura de Backhand de duas mãos, contando que a mão de baixo esteja com a empunhadura da Direita para que você não precise mudar caso a bola vá pela sua direita.

Backhand de uma mão e para Slice (alcance maior, mudança mais devagar)

Se você usa o Backhand de uma mão, segure a mão de baixo com a empunhadura do seu Forehand e a de cima você deixa segurando na parte mais acima do cabo da raquete de forma que seja mais fácil você movimentar o cabo para mudar para a empunhadura do Backhand caso a bola vá para esse lado.

Inclusive, você pode segurar assim mesmo se não tiver um Backhand de uma mão, assim você pode virar mais fácil a empunhadura para a Continental caso a bola vá bem longe de você para o lado de seu Backhand ou Forehand.

E não será difícil ou tão demorado passar para a empunhadura do Backhand de duas mãos usando esse método.

Como dar o Split Step corretamente

O Split Step é o pulo que o tenista dá quando o adversário faz contato com a bola, ele serve para estimular o corpo a se mover mais rápido para a posição de acertar a bola, todos os profissionais usam ele em golpes de chão, antes de acertar golpes acima da cabeça e também para receber o saque.

O melhor é você dar o Split Step quando a bola entra em contato com a raquete do adversário, mas sabemos que o movimento é tão rápido que muitos tenistas acabam atrasando o Split Step ou adiantando demais.

Se no momento do contato da bola com a raquete você tiver acabado de chegar ao chão após o Split Step, tudo estará bem, o problema é quando já tiver passado um tempo.

Quando o Split Step não é executado no momento correto, ele perde seu efeito que é estimular os movimentos e seus reflexos para rebater a bola quando ela chegar no seu lado.

Como não atrasar e nem adiantar no Split Step

Alguns tenistas usam um método para nunca se adiantar ou atrasar o pulo do Split Step, essa forma é muito válida afinal de contas nem sempre sabemos quando o sacador vai sacar mais rápido ou mais lento.

Para não perder o tempo do pulo, a partir dos segundos antes da bola acertar a raquete o tenista que vai receber começa a dar vários pulos, pequenos Split Steps um atrás do outro, assim ele garante que seu corpo vai estar estimulado para se mover rápido sempre.

Use um golpe compacto ou se afaste para o golpe completo

Diferente dos golpes de chão comuns ou Groundstrokes, você não vai ter muito tempo para levar a raquete muito para trás antes de bater na bola, então você tem que encurtar o movimento do seu golpe.

Você não terá tempo se estiver perto da linha de fundo, mas por estar perto irá devolver a bola mais rápido no campo adversário dando menos tempo para ele reagir, você pode atacar mais nessa posição e se aproximar melhor caso o saque seja mais fraco.

Lembre-se que se você estiver retornando um segundo saque fraco e estiver dentro da quadra é necessário se comprometer a atacar a bola, não adianta só devolver ela também fraca do outro lado e correr o risco de perder o ponto porque não aproveitou a oportunidade e deu uma bola fácil para ele.

Um bom truque para devolver o segundo saque quando você estiver adiantado na quadra é mirar o retorno mais na paralela, assim, se a bola vier mais rápido do que o planejado você vai acertar ela atrasada, mas ela dificilmente vai sair na quadra como acontece quando você mira na paralela.

Caso você queira usar o golpe normal levando a raquete para trás como é feito nos golpes de chão, você pode se afastar vários passos atrás da linha.

Essa posição não é muito popular, se o saque for muito curto você terá que correr mais para frente e ainda não terá os benefícios ofensivos do retorno mais próximo da linha.

Isso não quer dizer que ela não seja eficaz, alguns profissionais a usam com sucesso, eles preferem realizar o golpe completo, ter mais tempo, do que devolver mais rápido.

Os profissionais que usam essa posição normalmente possuem poderosos golpes de chão, que mesmo a distância conseguem ser uma ameaça para o adversário.

Você pode adotar essa posição de retorno de saque quando o adversário tiver um ótimo saque Kick, o saque com muito quique é difícil de retornar porque o ponto de contato é muito alto, ficando atrás você vai esperar a bola cair na altura de sua cintura para bater nela.

Perceba também que alguns tenistas vão para trás após o Split Step, ou seja, eles querem esperar a bola abaixar na altura da cintura para bater melhor nela.

Se você quiser mais detalhes sobre a devolução de bolas altas no Tênis em geral, aconselho a conferir essa outra matéria aqui no blog a respeito.

Entendendo melhor o golpe compacto

Quando me falavam que meu golpe deveria ser mais compacto eu imaginava somente não levar a raquete para trás e não girar o corpo muito, mas somente saber disso não foi suficiente para mim entender o que exatamente fazer no retorno do saque.

Depois que considerei o fato de que eu não devo levantar muito a cabeça da raquete, tudo ficou mais claro, é um costume meu sempre levantar a cabeça da raquete antes de levar ela para trás e bater na bola, mas no retorno eu tenho que lembrar de não fazer isso.

Se você manter o movimento na frente e mesmo assim levantar a cabeça da raquete, você vai perder tempo e irá bater atrasado na bola, então mantenha a raquete no nível do seu corpo e não levante ela para cima antes de bater a bola do saque.

Onde se posicionar depois da devolução

Depois que você devolve a bola, na maioria das vezes é melhor não ficar no mesmo lugar onde você a atingiu, isso porque você vai precisar fazer alguns ajustes de posicionamento para poder ter mais chances de chegar na bola que o adversário for retornar.

Se você retornar uma bola cruzada, precisará se locomover menos do que se retornar uma bola na paralela.

Você também tem a opção de se aproximar da rede para interceptar a bola que o sacador devolver, mas isso deve ser feito com cuidado, somente use caso o oponente esteja visivelmente em apuros.

A posição ideal depois que você retorna cruzado um saque pode ser vista na gravura abaixo.

Quando você joga o retorno do saque na paralela, você tem que recobrar para o lado oposto da quadra, leva mais tempo do que o da cruzada, é uma jogada mais arriscada, porém eficaz por ser de difícil alcance para o sacador.

Footwork após devolver saque aberto

O saque muito aberto é aquele onde a bola foge de você te levando para fora da quadra.

Logo após retornar um saque muito aberto, você vai estar bem mais longe do lugar recomendado para estar quando a bola voltar para você.

A forma mais eficiente de voltar é usando o Footwork ou jogo de pernas cruzado, a sua perna que está do lado onde a bola quicou vai passar na frente da outra, depois disso você pode usar o Footwork comum de pular para o lado, confira o exemplo no vídeo.

Perceba que no exemplo a tenista devolveu o saque na paralela, surpreendeu a sacadora e ela devolveu na rede, uma jogada mais arriscada, mas menos arriscada para um jogador profissional que corre muito bem e pode cobrir a outra parte da quadra com mais facilidade.

Onde mirar o retorno do saque

Quando comecei a jogar Tênis eu nunca pensei em mirar onde o retorno do saque iria, aliás, eu achava que o retorno do saque era como qualquer outro golpe de chão comum no Tênis só que de forma mais compacta, eu não sabia o quanto estava errada.

É claro que quando o saque é muito rápido o seu objetivo é ao menos devolver ele na quadra adversária, somente bloquear, mas nem sempre esse é o caso, principalmente no nível recreativo.

Ainda seguindo o exemplo do vídeo anterior desse guia, note que a tenista devolveu o saque não muito perto da linha lateral, mesmo assim a sacadora teve dificuldades e entregou o ponto.

Mirando nessa parte da quadra você diminui os riscos de errar o retorno. Não é somente mirar longe das linhas, mas sim com profundidade, veja que o retorno não foi curto, mas também não foi em cima da linha de fundo.

Na gravura acima a seta amarela mostra no chão a região onde a bola bateu, no momento da foto ela já tinha saindo do chão, eu marquei também de amarelo outro lugar na quadra onde ela poderia retornar o saque sem o risco de sair pelos cantos da quadra ou ser muito curto.

Você tem que evitar retornar o saque muito fraco a ponto de ele cair curto na quadra já que o sacador vai poder se aproximar e finalizar o ponto com mais facilidade.

Ainda na mesma gravura eu colori de verde alguns espaços onde dá para devolver a bola com mais segurança ainda, a bola vai cair no meio, bem perto de onde o adversário sacou, ele vai ter que se afastar para conseguir acertar a bola e vai ficar com menos ângulos para devolver a bola, ou seja, a bola provavelmente será devolvida mais para o centro da sua quadra.

Com a bola caindo no centro da sua quadra fica mais fácil alcançar ela, você não vai precisar percorrer um caminho tão longo.

Para você ter uma percepção melhor, confira a imagem a seguir com o ângulo da quadra de quem está sacando.

Note que o local ideal não é próximo da linha do quadrado do saque, ele é mais próximo da linha de base.

Quando você quiser fazer uma devolução de saque mais agressiva, aí mire mais perto da linha, mas use essa tática com prudência já que é muito difícil não mandar a bola para fora nessa situação.

Ritual antes de receber o saque

Um bom ritual que você pode usar antes de receber o saque é se manter longe das distrações, para isso você pode virar de costas, olhar para a raquete ou arrumar suas cordas e nesse momento você não vai pensar em mais nada além visualizar.

Você vai visualizar ou imaginar como seria o retorno que você quer fazer, qual seria o melhor retorno que você pode imaginar, onde a bola cairia no campo adversário, com qual altura e com qual profundidade.

Fazendo isso você tem mais chances de fazer o que visualizou, o corpo vai reagir para tentar chegar mais perto possível dessa imagem.

Terminação do golpe de retorno de saque

No retorno com o seu Forehand, treine fazer a terminação do golpe no alto, seja com o caminho normal da terminação ou com a terminação Buggy Whip onde a mão fica acima da cabeça.

Se for fazer a terminação normal do Forehand, lembre-se de usar a sua outra mão para pegar a raquete acima do ombro.

Para o seu Backhand de duas mãos, a terminação pode parar na sua frente, ela não precisa seguir todo o caminho até atrás ou ao lado de seu ombro que é realizada na execução do golpe de chão do Backhand, isso principalmente em uma bola mais pesada, com mais velocidade.

Como retornar um saque potente

Quando você vai contra um sacador potente, sua forma de pensar deve mudar para aumentar suas chances de ganhar o ponto.

Para aumentar suas chances, pense em somente colocar a bola em campo, ao invés de bater nela, somente proteja, use a própria força do saque dele para que ele retorne.

Usar mais o Slice é um bom método, além de cobrir um espaço maior, a empunhadura Continental exige um movimento mais compacto, te fazendo ganhar mais tempo, que é muito importante.

Contra saques assim você pode tentar dar um passo para atrás e testar se melhora, você terá mais tempo de reagir se estiver afastado.

Dependendo da situação, caso você esteja levando ace atrás de ace, tente adivinhar o lado que ele vai sacar e assim que ele iniciar o movimento você já vai para o lado de escolha, assim você tem mais chances de chegar no saque.

Observe que alguns profissionais dão um longo passo a um dos lados antes de executar o Split Step.

Split Step para saque forte

Uma boa forma de garantir que você não atrase o momento de executar o Split Step é pular um pouco antes da bola atingir a raquete.

Como o saque é bem veloz, o adversário vai acelerar mais o braço, se você tentar dar o Split Step quando visualmente observar a bola nas cordas da raquete dele, seu corpo não vai conseguir reagir a tempo e o pulo sairá atrasado.

Como retornar um saque fraco

Muitos tenistas possuem um saque bem fraco comparado aos seus demais golpes, mesmo no primeiro saque ele já vem devagar, às vezes até quem tem saques muito rápidos possui um segundo saque bem lento, então é bom se preparar para quando a bola vier com menos peso e velocidade.

Se o seu adversário tem o primeiro e o segundo saque muito fraco, você já pode ficar posicionado um pouco mais para frente logo no primeiro e no segundo se aproximar mais ainda, principalmente se estiver em uma quadra mais lenta, como exemplo a de saibro.

Apesar de ser tentador bater com potência em uma bola de saque mais fraco, você deve usar com moderação a potência e mirar em um lugar seguro, é melhor você colocar a bola em uma posição difícil para o adversário retornar com ataque do que você forçar um winner e a bola sair ou ficar na rede.

Volte um pouco nesse guia e leia a parte que falo de onde mirar quando vai retornar o saque, se for retornar com mais potência sempre mire nas áreas mais seguras e tente mandar a bola alguns centímetros a mais acima da rede.

Caso o saque fraco tenha ido para o seu Backhand, você terá tempo de se locomover para atacar com seu Forehand, essa é uma boa tática se você erra menos com o Forehand.

Recompensas por atacar o segundo saque

Se você resolver adotar a tática de sempre atacar o segundo saque do adversário, que é mais fraco, você vai ter mais riscos de errar o retorno e entregar o ponto, mas saiba que isso não será em vão.

Quando você começa a atacar o segundo saque e devolver a bola forte o bastante para ganhar o ponto, o adversário vai ficar com medo de errar o primeiro saque e por consequência ele pode escolher mandar o primeiro saque mais fraco, aumentando mais ainda suas chances de ganhar os pontos da partida.

Você precisa analisar se essa tática está dando certo ou não, nunca use a mesma tática a todo momento se você percebe que ela não está dando certo.

Split Step para saque fraco

Quando o saque é mais fraco o tenista não vai acelerar muito o movimento e se você executar o Split Step antes de você ver a bola tocar a corda da raquete é bem capaz que você irá fazer o Split Step antes da hora.

Então nesses casos é melhor começar o Split Step quando você ver a bola atingir a raquete do sacador.

Retornando um saque que veio em cima de você

No Tênis atual o saque jogado na direção do corpo do tenista é muito comum, por isso você tem que treinar também essa devolução.

É muito difícil acertar uma boa que vem em sua direção, se você não se mexer o seu golpe vai sair desajeitado e sem potência alguma.

O segredo para retornar saques assim é não ficar parado para acertar a bola e não virar o seu corpo para o lado para bater na bola, use uma postura mais aberta para bater nela, uma onde o seu corpo está de frente para a rede e não na lateral.

O que quis dizer com não ficar parado é você se mover para o lado enquanto estiver batendo na bola, e você também não deve parar depois que bateu na bola, você deve continuar se movendo para aquele ponto na quadra que é melhor para receber o próximo golpe.

Dê preferência, movimente-se para o lado que favorize bater o Forehand quando você estiver recebendo um saque no lado Deuce da quadra (Aquele onde você saca quando está tudo igual) e movimente-se para bater um Backhand quando estiver recebendo do lado Ad (Lado vantagem quando você saca com o jogo no igual).

Isso porque o saque está indo em cima de você e o mais eficiente é se mexer para a direção de onde você tem que se recuperar na quadra, para poder cobrir bem a quadra no próximo ponto.

Uma alternativa para não fazer isso é se você tem confiança em acertar um Forehand poderoso quando estiver no lado Ad da quadra, tão poderoso que se ele voltar ele será fraco e te dará tempo para recuperar sua posição.

Variando o retorno do seu saque

Quando você começa a retornar o saque sempre no mesmo lugar e da mesma forma, o adversário começa a se acostumar, pode ser que no início você conseguia pontuar mais vezes quando estava recebendo saque, mas agora é diferente, talvez esteja na hora de você mudar a tática.

Se você sempre devolveu com TopSpin, tente mudar a empunhadura para a continental e devolver alguns saques com Slice ou somente bloqueando o saque, com isso você vai manter o oponente sempre inquieto sem saber que tipo de bola ele vai receber.

O que fazer quando o sacador é canhoto e você destro

A maioria das pessoas que joga Tênis é destro (eu incluída), mas você sempre vai encontrar um canhoto no seu caminho, para receber o saque deles você tem que mudar um pouco sua tática.

Se o canhoto estiver sacando para o lado Ad da quadra você pode se posicionar mais para o lado do Backhand para retornar o saque aberto.

Isso porque a maioria dos canhotos sentem mais facilidade em jogar o saque na diagonal quando estão no lado Ad da quadra, por conta disso muitos canhotos treinam mais esse tipo de saque e se esquecem do outro, então eles não conseguem sacar muito bem no meio.

O ruim disso tudo é que eles vão sacar bem na diagonal e o saque vai direto no Backhand do destro, quando o destro está sacando contra outro destro pelo lado Deuce da quadra, algo parecido acontece, eles possuem facilidade em sacar na diagonal, mas o saque não vai na esquerda do destro e sim no Forehand, por isso esse saque não é tão temido assim entre dois destros.

Se você claramente se posicionar no lado do seu Backhand, você vai dar a mensagem para o adversário canhoto que estará esperando o saque aberto, ele provavelmente pode tentar sacar no meio e não vai conseguir sacar tão bem por não ter treinado muito esse tipo de saque e você estará mais pronto para devolver o saque no meio porque usará o seu Forehand.

Por isso é bom você testar isso contra o seu oponente, mexa com o psicológico dele para ele sacar no meio e descubra se ele saca bem ou não nessa parte da quadra.

Bruna

Eu sou a Bruna, uma jogadora de Tênis recreativa que criou esse blog para ajudar a todos jogadores de Tênis com tudo o que já aprendi depois de alguns anos jogando esse ótimo esporte.

Publicações Recentes